Especialização ou Mestrado: qual escolher? {parte 3}

Esse post é dedicado a você que acabou de concluir a graduação e está pensando qual será o próximo passo da sua formação. Também é feito para aquelas pessoas que querem voltar à estudar mas não sabem se é melhor fazer uma especialização ou um mestrado. Dividirei em três partes para ficar bem detalhado e explicadinho. Este é o terceiro e último post da série, leia o primeiro que falo sobre especialização e o segundo que falo sobre o mestrado.

Foto: Reprodução/ Stokpic
Foto: Reprodução/ Stokpic

Para terminar essa série de posts vou dar algumas dicas para quem ainda está em dúvida sobre qual escolher, contando um pouco sobre a minha experiência com as duas pós-graduações.

Fiz primeiro a especialização e acho que é muito válido para qualquer pessoa que queira fazer uma pós-graduação começar pela especialização. Ela vai dar um parâmetro e, dependendo da especialização, vai te preparar para o mestrado.

Eu fiz uma especialização sobre “Criação e Comunicação de Imagens para a Moda” e era a primeira turma. Não tive muita sorte e acho que poderia ter aprendido muito mais se não fosse todos os problemas que tivemos. Alguns professores eram bem despreparados e havia muitas dúvidas da coordenação sobre como proceder diante de algumas dúvidas que foram surgindo. Até perderem trabalhos nossos na Universidade, perderam.

Mas, para mim, valeu muito porque foi uma grande incentivo para entrar no mestrado. Tive ajuda de muitos professores que me auxiliaram sobre o que eu deveria fazer e como deveria fazer. Além de desenvolver um pouco mais o meu lado acadêmico publicando os trabalhos que fiz durante a especialização. Também foi bom porque mantive o contato com os estudos e isso pra mim é essencial.

Quanto ao mestrado, decidi fazer no último ano da faculdade enquanto fazia meu TCC. Percebi que gostava de pesquisar e que queria desenvolver meu lado acadêmico. Tive que estudar e mergulhar nesse universo, tanto que consegui a aprovação nas duas Universidades que tentei e fiquei muito feliz por alcançar esse objetivo.

O que posso dizer é que é necessário ter o dom, porque o mestrado é totalmente diferente da especialização. A dedicação é tempo integral desde o momento que você é aprovado até quando você finalmente entrega a sua dissertação finalizada. Tem que ter muito amor pelo que está estudando e gostar muito de ler e escrever, porque é basicamente isso que fazemos todos os dias.

Se você está pensando em fazer mestrado porque não sabe o que fazer da vida ou porque quer uma bolsa, viajar para o exterior ou outra vantagem que o mestrado apresenta, nem preste. Essas possibilidades são para poucas pessoas, principalmente se você não está nas áreas de prioridade do governo (Ciência e Tecnologia). A bolsa tem até que um valor razoável, mas para muitas profissões não é nem perto do piso salarial. E não pense que é um dinheiro que você ganha para não fazer nada, porque você tem que se dedicar e muito ao mestrado.

Acho que é isso. Não me arrependo de ter feito as duas pós-graduações, quero dar continuidade e fazer o doutorado e já estou pensando na minha próxima especialização. Estudar é uma dádiva e quem tem a oportunidade deve se jogar e aproveitar tudo o que pode ter de conhecimento novo. Eu amo e não quero parar de aprender nunca!

Mestrado ou especialização: já decidiu? Conte aí nos comentários.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s