Fazer o que gosta x Fazer o que dá dinheiro

Há muito tempo essa dúvida paira! Já entrei em várias discussões sobre o assunto, já me questionei tantas vezes sobre isso, já tentei achar uma resposta, mas realmente é uma questão bastante complicada. Ontem, li um texto da linda da Ale Garatonni sobre aquela nossa mania de sempre perder o encantamento pelo que fazemos. Entramos tanto na rotina que esquecemos que aquilo que fazemos, é aquilo que a gente ama. E quando terminei de ler esse texto, percebi que era hora de escrever sobre a nossa questão inicial.

Quando fui escolher o que prestaria no vestibular, fui pelo coração e escolhi algo que sonhava em fazer: escolhi o Jornalismo. Na época em que prestei, o curso era um dos mais concorridos, comparado até a medicina em algumas faculdades. Não foi fácil passar, mas consegui entrar na tão sonhada Universidade Pública.

Comecei a fazer o curso e em nenhum momento da faculdade perdi o encantamento pelo curso. Mesmo diante de tantas dificuldades que cada faculdade traz, sempre amei o que estava fazendo. Quando fiz o meu último estágio, na prefeitura da cidade, tive a certeza de que tinha feito a escolha certa. Naquele momento soube que seria feliz trabalhando como a profissão que iria me formar alguns meses depois.

Foto do blog da minha linda amiga, Mari! (http://seplural.wordpress.com/)

Mas foi depois da formatura que me deparei com a terrível realidade do jornalismo e de escolher o que amamos e não o que dá dinheiro. Comecei a batalha pela procura de um emprego e foi difícil. Quando surgia algo, era pra ganhar abaixo do piso e trabalhar muito mais horas do que a minha profissão exige. Foi nesse momento que cheguei a pensar que tinha feito a escolha errada e que poderia ter escolhido algo que me desse condições de ao menos exercer a profissão. Nessa hora, achei que deveria ter optado pelo dinheiro.

Pois bem, o tempo passou, as coisas se ajeitaram e hoje ainda estou “desempregada”. Faço o meu mestrado na  área que amo – comunicação – e pronta pra voltar a encarar a procura pelo meu emprego que faça eu acordar todos os dias com os olhos brilhando, cheia de encantamento, porque hoje eu tenho certeza que fiz a escolha certa. Posso ter que batalhar dez vezes mais, posso ganhar pouco, posso ter que estudar e me capacitar muito mais do que em qualquer outra profissão. Mas posso também escolher os caminhos mais acertados dentro da profissão “errada” e algum dia chegar lá e falar: amo o que eu faço e me sustento com isso.

Por isso, busque o que você ama. Hoje, todas as profissões estão difíceis, para conquistar algo tem que batalhar, tem que sonhar, tem que se capacitar e tem que buscar o encantamento. Se não for assim, nenhuma conquista vale a pena e quanto mais difícil, mais gratificante é. Ficar um ano fazendo algo que a gente “encara” só para ter dinheiro é fácil, viver uma vida fazendo isso, não, não deve ser.

Ah e vale também não se iludir. Qualquer profissão, mesmo aquela que a gente ama, tem as dificuldades, as pessoas difíceis de lidar, os trabalhos chatos e etc. Mas melhor a gente viver alguns minutos de encantamento do que nenhum, não acham?

E você? Faz o que gosta ou o que te dá dinheiro?

Por Daniela Brisola 

Maquiagem que ajuda

Sempre que olhamos para os produtos de beleza, encaramos como simples futilidades que só servem para deixar “mais bonita”. Com a ideia de desmistificar e mostrar a real utilidade da maquiagem, a marca DermablendPro lançou uma ótima campanha pelo seu canal do Youtube.

Tive a oportunidade de ler a matéria no site Petiscos e acabei assistindo aos vídeos, que me emocionaram e me fizeram compreender como uma maquiagem eficiente pode fazer mais milagres do que apenas o embelezamento. Nesta campanha, temos a volta do Zombie Boy que já havia feito uma campanha para a marca, a aparição da Cassandra Bankson, a menina que fez um vídeo hit no Youtube mostrando como escondia suas acnes, e a até então desconhecida para mim, Cherl, que tem vitiligo.

Além da ótima sacada da marca de trazer pessoas que querem esconder aspectos indesejados da pele, a campanha emociona com os depoimentos dos participantes. E tudo isso leva a uma campanha de doações em que cada pessoa que quiser relatar seu problema, fará com que a marca contribua com um dólar para instituições que ajudam mulheres com câncer a passarem pela doença com o auxílio dos tratamentos de beleza.

Sacada genial que gera uma marketing voluntário incrível para a marca, gerando credibilidade e muito mais vendas. Tudo em prol de boas causas!

O que vocês acharam da campanha?

Por Daniela Brisola

Dica da Semana – BB Cream da L’óreal

Algum tempinho atrás fiz uma resenha sobre o BB Cream da Maybelline e disse que assim que ele acabasse, iria experimentar o da L’óreal E foi exatamente isso o que aconteceu. Pois bem, vou contar um pouquinho sobre o que achei dele, lembrando que é a minha opinião!

Como estava usando o BB Cream da Maybelline, não vai ter como não ser um post  comparativo. Pois bem, começando com os preços. Ambos giram em torno dos R$29,90, mas é mais fácil achar promoções do BB Cream da L’óreal e também vem mais produto (50 ml x 30 ml). Sobre a cor, escolhi a clara, no entanto, a clara deles é um pouco escura. Na verdade, ela tem um fundo bem amarelado que não funcionou para a minha pele. Se aplico muito produto, fico parecendo os oompa loompas.

Como consequência da cor que não é da tonalidade da minha pele, tenho que passar pouco produto e, por isso, a cobertura fica bem fraquinha. Também não gosto da consistência do produto, ele é bem líquido o que acaba não ajudando na cobertura. Também não vi nenhum tipo de melhoria na minha pele com a aplicação desse BB Cream.

 

Além disso, ele não dura muito, é bem provável que você chegue no final do dia com cara de quem não passou nada (isso também pode ser consequência por eu ter que aplicar pouco produto). Outro defeito que me deixa bastante irritada é que ele sai nas roupas ou em qualquer coisa que você passar na pele. Então nunca use ele para experimentar qualquer roupa em loja, pode ser que ela suje um pouco.

Resumidamente, prefiro o BB Cream da Maybelline que funcionou melhor para a minha pele. Não pretendo comprar novamente o BB Cream da L’óreal, mas continuarei procurando produtos que me surpreendam. Aliás, estou cheia de produtos novos de maquiagem e irei passando as minhas impressões para vocês aos  poucos.

PS.: Muito blogs de beleza amam o BB Cream da L’óreal, mais até do que o da Maybelline. Então é bem provável que o que me atrapalha seja a cor. Caso a tonalidade dele esteja bem perto da cor da sua pele, o resultado será diferente para você. Por isso, só provando mesmo para saber.

Já provou o BB Cream da L’óreal? Qual foi a sua impressão?

Por Daniela Brisola

 

O bafafá da Forever 21

Já faz um tempo que não venho aqui, para vocês terem uma ideia a última vez que fiz uma postagem ainda nem tinha começado a primavera e agora já estamos quase no fim do verão. Depois de praticamente duas estações estou de volta. Poderia escrever um texto apenas me justificando, mas é mais fácil resumir dizendo que estava em uma grande correria, sem estímulos e criatividade para escrever por aqui. E aí, neste final de semana tranquilo, e um assunto tão perturbador me fizeram querer abrir o wordpress e colocar algumas palavras nesta tela.

Todo mundo já deve saber que a loja mais deseja da gringa aportou no Brasil exatamente hoje. A Forever 21 abriu suas portas para o público no Morumbi Shopping e São Paulo e causou um alvoroço nunca antes visto. Aliás, desde o surgimento de tapumes em shoppings avisando da chegada da loja que eu percebo uma ansiedade sem igual.

Claro, totalmente justificável. Para quem já conhecia a loja, sabe como ela faz peças desejos com preços tão baixos e não é sem motivos que a mulherada fica enlouquecida. Nesta semana, vimos uma notícia atrás da outra contanto que a loja traria para o Brasil peças com preços adequados à sua política. O que, diga-se de passagem, é quase um milagre com a quantidade de impostos que o país impõe nas mercadorias importadas.

Mesmo assim, jamais imaginaria cenas como as que podemos observar quando buscamos #Forever21Brasil no Instagram:

2500 pessoas dentro da loja

Filas e mais filas

Para quem chegou às 5h30 (isso mesmo, teve gente que madrugou para garantir a entrada na loja) a recompensa foram os brindes: garrafa d’água estilizada, chinelo da marca e uma sacola também da Forever 21. Teve gente que ficou mais de cinco horas na fila que saia do prédio do Morumbi Shopping e ia até a rua, como podemos ver na foto divulgado pelo Facebook do shopping:

Consigo até entender quem fica em filas para conseguir alguma boa promoção ou até uma coleção cápsula de alguma loja de departamento. Agora passar mais de cinco horas de um sábado ensolarada e quente em um fila de loja que estará ali por muitos e muitos anos?

Chegamos a um estágio de consumo desenfreado, de desejo sem limites. O prazer em ser uma das primeiras a visitar a nova loja e garantir peças por um bom preço causa isso. Fico pensando se isso é normal ou se estamos tão envolvidos neste “capitalismo selvagem” que deixamos de desfrutar o que a vida nos oferece de bom para passar um sábado em uma fila.

Claro que a vinda da Forever 21 é ótima para o Brasil e para o aumento inacreditável dos preços. É bem provável que impulsione as outras redes a pisarem no freio e trazerem preços mais competitivos. Mas isso pode ser assunto para outra conversa.

E você? Passaria o sábado em uma fila só para poder entrar na loja?

Por Daniela Brisola

Lançamento Joia Rara

Ontem (5), foi dia de festa de lançamento da nova novela da Globo, Joia Rara. A nova novela das 18h contará com investimentos altos e estrelas do primeiro escalão global como Carolina Dieckmann, Bruno Gagliasso, Thiago Lacerda, entre outros. E, como não poderia deixar de ser, teve uma festa belíssima e cheia de pessoas bem vestidas (ou não!).

Carolina Dieckmann - Joia Rara

Vestido feito sobre medida pela figurinista da novela e idealizado pela própria atriz

Carolina Dieckmann exagerou no vestido. Apesar de ser muito difícil vê-la feia, a atriz errou na escolha do vestido, afinal, manga bufante não é legal, e também no uso da meia calça brilhante. Também não gostei do sapato com a tira transparente, nada a ver tanto com o vestido quanto com o evento. Mas, algumas coisas no look puderam se salvar e eu achei a cor do vestido maravilhosa e deixou a Carol ainda mais bonita. Cabelo e maquiagem também foram boas escolhas.

Giovanna Ewbank - Joia Rara

Vestido Tufi Duek

Outra atriz que também não fez uma boa escolha foi a Giovanna Ewbank. O look tinha tudo para dar certo. O vestido é bonito, a cor é maravilhosa e combina perfeitamente com a pele branquinha da atriz, acessórios, make e cabelo estavam tudo dentro dos conformes. Ela só se esqueceu que é baixinha e não fica bem com o comprimento midi (ainda mais esse midi beeeeem abaixo do joelho). Se ao menos ela tivesse combinado com um sapato nude e mais aberto, talvez a impressão de ser menor ainda não fosse tão evidente. Este vestido foi usado por Isabeli Fontana e o resultado foi bem mais bacana.

Mas, claro que a festa não teve só escolhas erradas. Também separei algumas atrizes que acertaram no visual.

Luiza Valdetaro - Joia Rara

Vestido Ka

Luiza Valdetaro é uma coisa de tão fofa, me simpatizo demais com ela e achei que ela fez uma boa escolha para a noite de ontem.  O vestido não é mais do mesmo, é diferente, com uma pegada boho e com uma cor muito linda (viu como amarelo fica bem com loiras). Gostei das escolhas dos acessórios, a sandália deu um toque mais pesado no look, o que fez ele ficar ainda mais interessante, o monte de pulseiras também favoreceu o visual por completo. A única coisa que mudaria o cabelo, achei que ficou com carinha de puddle e não curti muito não.

Ana Lima - Joia Rara

Vestido Lethicia Bronstein

Ouvi algumas pessoas falando mal do vestido da Ana Lima, mas eu achei bem bacana. Apesar de ser mais do mesmo (renda, transparência e decotão), eu achei que ficou bem legal nela e é melhor usar mais do mesmo do que fazer uma escolha exagerada. Ela caprichou no cabelo, usou uma maquiagem que lhe caiu muito bem e estava bem bonita. Acho que o amarelo favoreceu o tom de pele dele e também para que eu gostasse do look.

Mariana Ximenes - Joia Rara

Vestido Tufi Duek

Outra bela da noite foi a atriz Mariana Ximenes. Apesar de também não ser alta, assim como a Giovanna, a escolha dela foi mais acertada, sendo o vestido um midi mais compridinho e preferiu uma sandália mais aberta o que ajuda a alongar o corpo. O azul royal ficou lindo e achei as escolhas dos acessórios uma graça. O decotão de trás ajudou muito para que eu a escolhesse como a melhor da noite. Também gostei muito do cabelo lisinho, favorecendo o loiro platinado que a deixa mais linda ainda, e a maquiagem bem suave. Acho que a atriz tem se tornado uma das mulheres mais bem vestidas do Brasil, depois de ter alguns deslizes, bem lá no passado.

Letícia Spiller - Joia Rara

Vestido Mabel Magalhães

Letícia Spiller foi na onda da Ana Lima e também escolheu um vestido rendado, transparente e com decotão, mas acho que o dela foi ainda mais lugar comum do que o da Ana por causa da cor. Preto é básico e fica bem em todo mundo e por isso que todo mundo escolhe o pretinho e para o vestido não passar aquela impressão de “eu já vi uns cem iguais a esse” é preciso escolher um modelo deslumbrante, o que não é o caso. Mas, apesar disso tudo, é claro que ela não errou, apenas ficou igual a todo mundo, estava ok. Além disso, ela também não fez um cabelo mais diferente e a maquiagem também é bem normalzinha, com olho marcado e boca mais nude.

Update:

Esqueci da Bianca Bin e da Nathalia Dill e acho que elas merecem entrar neste post:

Nathalia Dill - Joia Rara

Vestido Alexandre Herchcovitch

Desculpem-me pelo tamanho da foto, mas não achei melhor. Nathalia Dill estava bem bonitinha com o vestido preto, de renda, com transparência e ainda de barriga de fora. Apesar de ter um design um pouco mais diferenciado daqueles vestidos que a gente sempre vê e que já falei acima, achei também um pouco mais do mesmo. Ainda assim, a atriz se saiu bem e estava bem bonita, com um cabelo todo charmoso, uma maquiagem bem leve e acessórios ok!

Bianca Bin - Joia Rara

Vestido Armani Privé Vintage

Bianca Bin estava realmente bonita e fez uma escolha acertada. O vestido é bem básico, mas valorizou as curvas da atriz e a deixou mais bonita. Gostei muito do cinto prateado pra marcar a cintura e os acessórios foram o ponto alto do look. Também achei que tanto o make como o cabelo foram escolhas muito bem feitas e Bianca estava realmente bonita, digna de ser a protagonista da novela no meio de tanta atriz mais consagrada (não que a escolha do vestido a coloque neste patamar, mas estava à altura do papel).

O que vocês acharam? Quem estava mais bonita?!

Por Daniela Brisola

NYFW Verão 2014 – BCBG Max Azria

E a semana de moda de Nova Iorque começou hoje e a gente, claro, estará de olho e compartilhando tudo de melhor que acontecer por lá. Espero que vocês acompanhem tudo com a gente!

Um dos primeiros desfiles do dia foi o da BCBG Max Azria. Com uma fila A cheia de famosos, a grife fez um desfile bem leve e fluído. O tom de azul foi predominante e muitas peças com estampas lindas. A assimetria deu o tom do desfile que contou também com cabelos bem naturais e maquiagem quase zero.

Separei as melhores fotos pra vocês conferirem:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Fotos: Style

Gostaram do desfile?

Por Daniela Brisola

 

Casa dos sonhos

Gostaria de ter um closet como esse?!

gisele8

Essa é uma das fotos da casa dos sonhos que Gisele Bündchen e Tom Brady construíram para morar. Além de ser enorme, com cerca de 2 mil metros quadrados, ela é super linda e estilosa. Bem clássica, a casa tem alguns toques que não poderiam faltar na casa da modelo, como uma horta.

O que achei mais interessante na matéria feita pela revista americana Architectural Digest é que Gisele declarou que gosta de simplicidade e aconchego, mas, convenhamos que em uma casa no valor de 20 milhões de dólares o que não existe é simplicidade. Podemos constatar pelas fotos que acompanham a matéria.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Achei tudo lindo e de muito bom gosto, e vcs?

Por Daniela Brisola